Warning: Creating default object from empty value in /home/anditec/public_html/plugins/system/fontresizer/fontresizer.php on line 51
ANDITEC, Tecnologias de Reabilitação

UARPIE

UARPIE - Using Assistive Robots to Promote Inclusive Education

A Lei de Bases do Sistema Educativo português estabelece que as crianças com necessidades educativas especiais devem ser, na medida do possível, incluídas em escolas regulares. No entanto, alunos e professores enfrentam diariamente muitas dificuldades para levar este princípio à prática. Uma das dificuldades é a adaptação dos métodos de ensino para que as atividades académicas sejam acessíveis a alunos com dificuldades de manipulação e comunicação. Sabe-se que a experiência de aprendizagem é reforçada por uma combinação de ver, falar e fazer. Assim, produtos de apoio à manipulação e à comunicação podem permitir que as crianças com necessidades especiais participem plenamente nas atividades escolares.

 

Sistemas de comunicação aumentativa e alternativa (CAA) têm sido utilizados para que crianças com limitações na linguagem oral possam comunicar em vários contextos, incluindo o contexto educativo. Sistemas robóticos (SR), físicos e virtuais, têm sido utilizados como produtos de apoio (PA) para a manipulação de materiais educativos. Mas, muitas vezes, com os SR atualmente disponíveis, não é possível às crianças comunicar (e.g., descrever um conceito matemático) utilizando o seu sistema de CAA enquanto controlam o SR e vice-versa. Isso impede a manipulação de itens em simultâneo com a comunicação, como as crianças de desenvolvimento típico fazem rotineiramente.


O projeto proposto visa o desenvolvimento de um produto de apoio integrado para a manipulação e a comunicação aumentativas para ser usado em atividades académicas. Poderão ser realizadas adequações em diferentes áreas curriculares do ensino básico (e.g., matemática, língua portuguesa, estudo do meio) para beneficiarem da utilização do PA desenvolvido. Serão desenvolvidos dois sistemas, um com recurso a robôs físicos, outro com recurso a robôs virtuais, permitindo que as crianças manipulem materiais educativos físicos ou virtuais, simultaneamente comunicando sobre as suas experiências. Ambos os sistemas serão testados com crianças com deficiência.

 

Os objetivos do estudo experimental são:

1. Comparar o desempenho escolar com e sem PA;
2. Comparar a eficácia dos sistemas robóticos físico e virtual em relação a # 1;
3. Avaliar a perceção dos professores sobre o uso do PA e o seu impacto no aluno e na sala de aula (e.g., envolvimento dos alunos nas atividades, fatores de inclusão social e eventuais efeitos distratores).

 

Saiba mais sobre este projeto em:

http://www.uarpie.anditec.pt/